DIA INTERNACIONAL DE ATENÇÃO à GAGUEIRA - SÃO PAULO - 2012
              DIVULGAÇÃO
DAS PALESTRAS, POWER POINT E FOTOS DOS PALESTRANTES


Todas as fotos são de autoria do colaborador do IBF, o bibliotecário Roberto Tadeu da Silva

As 'chamadas' seguem como foram divulgadas antes do evento e - como as fotos e o Power Point - estão disponibilizadas na ordem da apresentação do encontro.
Mais uma vez agradecemos a todos estes palestrantes que nos brindaram com informação de ponta e o fizeram de modo brilhante.




INFORMAÇÕES BÁSICAS SOBRE GAGUEIRA E O INSTITUTO BRASILEIRO DE FLUÊNCIA- IBF
 Eliana Maria Nigro Rocha

No dia 20.10.12 - sábado - teremos o Oitavo Evento do Dia Internacional de Atenção à Gagueira promovido pelo IBF em São Paulo.
Veja o folder com a programação em http://www.gagueira.org.br/conteudo.asp?id_conteudo=265, onde você poderá fazer sua inscrição.
Temos certeza que as palestras serão extremamente enriquecedoras tanto para as pessoas que gaguejam e seus familiares como para os profissionais da área.
Cuidamos de realizar introduções simplificadoras aos diversos temas, de modo a permitir que todos acompanhem as apresentações.
Esperamos encontrar você lá!
Afinal de contas, é para você que este evento foi elaborado.


PowerPoint desta apresentação: clique aqui
.





PROCESSAMENTO AUDITIVO E GAGUEIRA

Aurelia
A fonoaudióloga Ma. Maria Aurélia Faria Coimbra Amatucci apresentará seu trabalho de muitos anos em Processamento Auditivo e relacionará os achados desses conhecimentos com a gagueira. É importante frisar que o Processamento Auditivo é uma análise que vai muito além da conhecidíssima avaliação auditiva que pesquisa se uma pessoa escuta ou não e quais tipos de limitações auditivas possui. O Processamento Auditivo vai investigar COMO determinado indivíduo lida com os sons em geral e, mais especificamente, como lida com os sons  da fala que lhe chegam aos ouvidos. E faz esta análise através de uma investigação muito rica, que permite entender melhor os distúrbios nessa área e ter mais ferramentas para sanar essas dificuldades, focando o trabalho terapêutico exatamente nas áreas mais frágeis, ao invés de "atirar no escuro".

PowerPoint desta apresentação: clique aqui.










DIADOCOCINESIA EM CRIANÇAS COM E SEM DISTÚRBIO DE FLUÊNCIA

No encontro do Dia Internacional de Atenção à Gagueira que acontecerá em São Paulo / SP no dia 20.10.12, a fonoaudióloga Ana Paula Ritto, mestranda em Ciências da Reabilitação na Faculdade de Medicina da USP, dará uma palestra sobre sua pesquisa atual, denominada "Diadococinesia em crianças com e sem distúrbio de fluência".” Foi solicitado a ela - como aos demais palestrantes - que introduza seu tema de modo que todos possam acompanhar seu trabalho. Mas, podemos desde já adiantar que diadococinesia se refere à possibilidade de realizar repetições rápidas e sucessivas de movimentos, que é o que fazemos ao movermos lábios, língua e mandíbula enquanto efetuamos todo o processo que nos permite falar.
O teste da diadococinesia oral avalia a função dos lábios e da língua durante a repetição de sílabas. Essa avaliação pode auxiliar a verificar a maturação e a integração neuromotora. Este é um recurso muito importante para podermos conhecer mais sobre os distúrbios da comunicação e neste caso, especificamente, saber mais sobre a gagueira. Um estudo que compara crianças com e sem distúrbio de fluência vai nos mostrar se essas crianças são diferentes sob este aspecto e em caso positivo, que diferença é essa e como isso pode afetar sua comunicação.
Vale a pena conferir.

PowerPoint desta apresentação: clique aqui.





ESTUDO MOLECULAR DOS GENES NA GAGUEIRA

Dayse
A biomédica Ma. Dayse Oliveira de Alencar focará a riquíssima e atualíssima área da genética, falando sobre o Estudo Molecular dos Genes na Gagueira. Ela é da equipe da DLE-Diagnósticos Laboratoriais Especializados, que oferece, entre inúmeros outros, um exame que nos diz respeito diretamente, uma vez que avalia o risco de persistência da gagueira. Quando a divulgação desse teste foi lançada, tivemos em uma das listas uma discussão acirrada sobre os méritos e a validade desse exame naquele momento das pesquisas. Além do fato das pesquisas terem avançado desde então e podermos ser informados sobre isso tudo, teremos a especial oportunidade de receber a informação diretamente de uma pessoa que faz parte da equipe da DLE e que tem em sua formação estudos dos quais ainda pouco sabemos.

PowerPoint desta apresentação: clique aqui.







SPEECH EASY E FLUENCY COACH

A gagueira é um distúrbio multifatorial, ou seja, vários fatores coexistem para que ela se manifeste.
Um desses fatores se refere ao aspecto auditivo e à constatação de que, ao não se ouvir, a pessoa deixa de gaguejar ou, então, altera sua forma de gaguejar.
Mais especificamente verificou-se que atrasar a audição do som de sua fala em alguns microssegundos, favorece que muitos dos que gaguejam obtenham maior fluência. Esta constatação deu a origem ao aparelho denominado Speech Easy, comercializado no Brasil pela Microsom.
Recentemente, a Microsom colocou à disposição o Fluency Coach, para que os interessados possam conhecer esse processo de retorno auditivo atrasado e verifiquem o efeito que o mesmo provoca em sua fala.
Neste sábado, no evento do Dia Internacional de Atenção à Gagueira de São Paulo / SP teremos uma palestra a respeito desses tópicos, que será ministrada pela fonoaudióloga Sabrina Möller Martinho.
Não perca esta oportunidade de se atualizar a respeito.

PowerPoint desta apresentação: aguardando autorização.





AUTOPERCEPÇÃO DA GAGUEIRA E IMPACTO NA QUALIDADE DE VIDA

Eliane
A gagueira é caracterizada por repetições de sílabas, prolongamentos e bloqueios e é evidenciada especialmente na fala espontânea das pessoas que gaguejam.
No entanto, os portadores de gagueira, seus familiares e os profissionais da área sabem que esse é apenas um pequeno aspecto da questão, provavelmente o mais evidente, mas não necessariamente o mais danoso.
A gagueira pode interferir diretamente não apenas na habilidade em se comunicar, mas em várias outras facetas da vida do indivíduo. Assim, as avaliações tradicionais que focam apenas as rupturas da fala estão sendo aos poucos substituídas por avaliações muito mais abrangentes que buscam obter do próprio indivíduo informações sobre o impacto da gagueira na qualidade de sua vida.
É uma grande revolução que vem acontecendo no estudo da gagueira e a fonoaudióloga Dra. Eliane Lopes Bragatto da UNIFESP defendeu uma tese na qual foca esse tema, trazendo para o Brasil a possibilidade se alinhar, de modo ainda mais respaldado cientificamente, a esse movimento tão importante.
Sua palestra, denominada "Autopercepção da gagueira e impacto na qualidade de vida", nos trará detalhadas informações sobre isso tudo.
Entre também nesse mundo de novidades e/ou atualize seus conhecimentos participando do Evento do Dia Internacional de Atenção à Gagueira que acontece no dia 20.10.12 em São Paulo / SP


PowerPoint desta apresentação: clique aqui.





OS JOVENS E A GAGUEIRA

No próximo sábado - dia 20.10.12 - teremos o evento do Dia Internacional de Atenção à Gagueira em São Paulo / SP.
Haverá uma mesa redonda denominada "Os jovens e a gagueira" em que serão discutidos temas relativos à vida desses jovens e a repercussão que a gagueira tem na mesma.
Quem desejar enviar perguntas para a mesa, pode fazê-lo para o e-mail: clinica@gagueira.org.br aos meus cuidados.
As perguntas das pessoas presentes ao evento terão prioridade, mas, na medida do possível, utilizaremos as que nos forem enviadas como norteadoras da mesa.
A coordenadora da mesa será a biomédica Waldelânia Pereira Marques e os participantes serão Adriana do Carmo Moreira, Fábio Yassuhiro Miyaoka e Gustavo Navarro
. Todos eles têm vivência pessoal com a gagueira e são participantes frequentes dos encontros do Grupo de Orientação Discutindo-Gagueira de São Paulo.
Aguardamos suas sugestões de perguntas a serem feitas a eles.


Síntese desta apresentação: em breve aqui.





OS PARTICIPANTES DO EVENTO

Com certeza, a presença tanto de fonoaudiólogos como de pessoas que gaguejam e familiares de pessoas que gaguejam foi o que permitiu que o evento acontecesse e tivesse o brilho que teve. Uma plateia interessada e atenta motivou os palestrantes em suas apresentações e os brindou com questões muito significativas.
A esses, nossos agradecimentos e nosso intuito de cada vez poder trazer temas de interesse para todos os que têm um foco na gagueira.







Plateia

























   
 
Todos os direitos reservados a Eliana Maria Nigro Rocha.
A utilização dos dados aqui publicados está autorizada, desde que a fonte e autoria sejam citadas.

 
  Site Map